Ateliê Aberto 2013

Oficinas e encontros com artistas e educadores que compartilham processos de criação coletiva elaborados para famílias e públicos diversos. Compilação do programa Ateliê aberto proposto e realizado no ano de 2013.

Programação Maio 2013

  • Ateliê aberto Dom 05 16h: As oficinas de maio serão dedicadas à experimentação em torno das exposições Arquitetura de Vidro de Marcos Cardoso e Carne Misteriosa de Rui Chafes. Nestes encontros exploraremos possibilidades da relação do corpo e da escultura no espaço.

Programação Abril 2013

  • Ateliê aberto Dom 07, 14, 21 e 28 16h: Oficinas e encontros com artistas e educadores que compartilham processos de criação coletiva elaborados para famílias e públicos diversos.

Programação Março 2013

  • Ateliê aberto Dom 03, 10, 17, 24 e 31 16h: Oficinas e encontros com artistas e educadores que compartilham processos de criação coletiva elaborados para famílias e públicos diversos.

Programação Fevereiro 2013

  • Ateliê aberto Dom 03, 17 e 24 16h: Oficinas e encontros com artistas e educadores que compartilham processos de criação coletiva elaborados para famílias e públicos diversos.

Programação Janeiro 2013

  • Ateliê aberto Dom 06, 13, 20 16h: Oficinas e encontros com artistas e educadores que compartilham processos de criação coletiva elaborados para famílias e públicos diversos.

Saiba mais: Ateliê aberto 2013
 Galeria |  Retornar Programação passada |   Retornar Programas

Ateliê Aberto 2012: Programa em Família e Ações Móveis

Oficinas e encontros com artistas e educadores que compartilham processos de criação coletiva elaborados para famílias e públicos diversos. Compilação dos programas Ações Móveis e Programa em família propostos e realizados no ano de 2012.

Programação Dezembro 2012

  • Ateliê aberto Dom 02, 09, 16, 23 e 30 16h. Oficinas e encontros com artistas e educadores, que compartilham processos de criação coletiva elaborados para famílias e públicos diversos.

Programação Novembro 2012

  • Ateliê aberto Dom 04, 18 e 25 15h. espaço de experiências que estimulam processos de criação a partir de materiais e proposições, promovendo diálogos entre o público e a programação do museu.

Programação Outubro 2012

  • Ateliê aberto Sex 12, Sáb 13, Dom 7, 14, 21 e 28 de outubro às 15h. Espaço de experiências que estimulam processos de criação a partir de materiais e proposições, promovendo diálogos entre o público e a programação do museu. Nota: Nos dias 12, 13 e 14 de outubro, será realizado o Ateliê aberto: especial para famílias, em comemoração ao dia das crianças.

Programação Abril 2012

ECO. Existe no ato de ecoar um duplo movimento que investe tanto na surpresa
quanto na memória. No mês de abril, pensamos em ser ecológicos com o
nosso próprio pensamento. Assim, vamos pesquisar as reverberações de ações
passadas propostas tanto por nós quanto por outros artistas, explorando os
espaços e as exposições do MAM, no desejo de perceber como ressoar nelas,
modificando e renovando olhares.

  • Ações Móveis sáb 07 15h. O pedido das árvores. Segundo tradições antigas, os galhos de uma árvore são como braços abertos ao universo, são a expressão da vida eterna se expandindo para o céu. As árvores para outros instauram outra temporalidade, são refúgio de chuvas e ventos, são também morada e ponto de encontro. A proposta da ação é simples: escrever um desejo num pedaço de papel ou tecido e pendurá- lo no galho de uma árvore. Confiando na constante boa vontade desse fluxo de vida, os nossos desejos podem ser ecoados, repetidos e propagados ao vento. Abraçados assim no ato de pedir e confiar. Mediação » Bernardo Zabalaga
  • Ações Móveis sáb 14 15h. Eco na palavra, dialético e visual. Exercícios de fala, escuta, repetição e memória partindo de Fernando Pessoa para uma composição visual. Mediação » Virgínia Mota
  • Ações Móveis sáb 21 15h. Metáforas nos levam ao longe. Podemos reconhecer o MAM a partir de outros trajetos? Nesse sábado, utilizaremos metáforas como meios de transporte para recriar o Território Descoberto. Quem ‘conta’ uma metáfora aumenta… Mediação » Ana Chaves
  • Ações Móveis  dom 01 15h. Labirinto e eco interior. Construção e desconstrução de um labirinto em papelão ao ar livre. Participação do artista André RenaudMediação » Virgínia Mota, Bianca Bernardo, Leonardo Campos e Elielton Rocha
  • Programa em Família dom 08 15h. À disposição. Ações propostas a partir das páginas/obras da exposição/publicação “Por fazer” de Regina Melim. Mediação » Ana Chaves, Anita Sobar, Bernardo Zabalaga e Gleyce Kelly Heitor
  • Ações Móveis dom 15 15h. Ecoando sons na Coleção. Re-visitação da coleção de Gilberto Chateaubriand através de canções da música popular brasileira. Mediação » Leonardo Campos
  • Programa em Família dom 22 15h. Como cresce uma coleção. Entre obras e olhares, quantos ecos podem existir? Ação em torno da exposição “Novas Aquisições” – Coleção Gilberto Chateaubriand. Mediação » Ignês Albuquerque
  • Ações Móveis dom 29 15h. Eco Silêncio – O Lugar do Artista after Marina Abramovic.  Em sintonia com o nosso desejo de sermos surpreendidos com a repercussão das repetições de nossas próprias ações e de outros artistas, teremos como base o trabalho da artista Marina Abramovic para uma reflexão sobre o conceito de re-performance. Mediação » Bianca Bernardo

Programação Março 2012

Silêncio. No mês de março propomos entrar no espaço do silêncio, no espaço onde todo ruído existe, onde todo barulho cabe e ao mesmo tempo pára. Este mês procuraremos investigar se existe um silêncio inerente à arte e também indagar que sons ela emite e que ruídos provoca. O silêncio é só reconhecível no lapso do som, onde ele, apesar de mudo, continua pautando o passar do tempo? Vamos descobrir juntos esses outros percursos/tempos.

  • Ações Móveis sáb 03 15h. Um percurso sobre imagens do silêncio. Neste percurso que vai do MAM, junto à baía de Guanabara, até ao pontal do aeroporto Santos Dumont, daremos conta das imagens que se projetam da cidade sob um ambiente sonoro: espectro de sons por camadas e enquanto composição e das imagens da visão e do pensamento. Mediação » Virgínia Mota
  • Ações Móveis sáb 10 15h. O que é isto? O que manda aqui? Ação que fale sobre os mecanismos de poder e hierarquia que se estabelecem na navegação do espaço expositivo. Fernanda Gomes constrói uma obra-exposição no MAM a partir da criação processual de um espaço sensível feito de objetos e gestos carregados de sensações e memórias da artista, um convite à experiência dos sentidos de um mergulho íntimo, a cada um. Os encontros, no território que Fernanda Gomes propõe, pretendem promover uma ação que fale sobre mecanismos de poder e hierarquia que se estabelecem na navegação do espaço. Por onde eu vou? E o que eu sinto e penso? Isto é definido por quem? A ideia desta ação móvel/performance é questionar quais as possíveis cartografias do espaço, primeiro intimamente, para depois em pares e finalmente em grupo tentar elaborar quais os caminhos ou processos emocionais e de pensamento que as diferentes percepções do espaço trazem. Mediação » Bernardo Zabalaga e Kelly Heitor
  • Ações Móveis sáb 17 15h. “Sou livre para o silêncio das formas e das cores”. No mês do silêncio no MAM, o poeta Manoel de Barros, “sujeito inviável” que tateou a poesia como a “loucura das palavras” é solo e ponto de partida para este encontro que não se entrega a quem o define. Como fala o seu poema? Mediação » Bianca Bernardo
  • Ações Móveis sáb 24 15h. Still-life: da natureza-morta. É possível interpretar uma imagem pela via do anacronismo? Observar o movimento de várias camadas de tempo presentes em uma única imagem? Imagens carregam memórias, silêncios, quietudes e inquietudes. As pinturas do artista Pedro Varela nos conduzirá a um debate crítico e reflexivo sobre o conceito de natureza morta e seus desdobramentos na arte, além de motivar uma prática criativa sobre o gênero. Mediação » Ana Paula Chaves e Kelly Heitor
  • Ações Móveis dom 04 15h. “Sou livre para o silêncio das formas e das cores” . No mês do silêncio no MAM, o poeta Manoel de Barros, “sujeito inviável” que tateou a poesia como a “loucura das palavras” é solo e ponto de partida para este encontro que não se entrega a quem o define. Como fala o seu poema? Mediação » Bianca Bernardo
  • Programa em Família dom 11 15h. Uma viagem no escuro: A proposta deseja realizar uma visita pelos espaços do MAM (dentro e fora) de olhos vendados, ativando outros sentidos possíveis na experiência do museu, potencializando a escuta, o olfato, tato e paladar dos visitantes. No início do encontro, exercícios de confiança mútua serão realizados, facilitando assim o acesso e permissão íntima à experiência inovadora. Ao final do percurso, uma roda de conversa compartilhada promoverá a troca das vivências pessoais. Mediação » Anita Sobar, Ana Paula Chaves e Bernardo Zabalaga
  • Ações Móveis dom 18 15h. Um percurso sobre imagens do silêncio. Neste percurso que vai do MAM, junto à baía de Guanabara, até ao pontal do aeroporto Santos Dumont, daremos conta das imagens que se projetam da cidade sob um ambiente sonoro: espectro de sons por camadas e enquanto composição e das imagens da visão e do pensamento. Mediação » Virginia Mota
  • Programa em Família dom 25 15h. “Não tem altura o silêncio das pedras” – O encontro com o jardim e a poesia de Manoel de Barros deseja fugir à linguagem comum, indo em busca da experiência no espaço que aproxima mais da coisa em seu estado bruto, que chega à “coisidade” da coisa, em seu âmago de coisa mesmo. Vamos descobrir o que pode ou não contar este jardim. Mediação » Ignês Albuquerque

Programação Fevereiro 2012

  • Ações Móveis sáb, 11 16h. Tremores Metafísicos: Ação-pensamento sobre a obra de Elisa Bracher. Qual é a força que a obra de Elisa Bracher remete ao observador? Proposta no formato de uma performance, que busca ativar respostas sobre as questões estéticas e políticas trazidas pela obra da artista.
  • Programa em família dom, 05 16h. Domingo Chica Boom. Dando continuidade ao Verão das cores, o Núcleo experimental convida o público a confeccionar seus próprios chapéus e chocalhos, para promover um desfile nos jardins do MAM. A ação marca a despedida da obra Lugar da Criação e Semente Criada do artista Ernesto Neto, que há um ano esteve gentilmente emprestada ao museu para desenvolvimento das ações do educativo. Os visitantes poderão trazer seus próprios instrumentos musicais e fantasias. Sigam as cores!
  • Programa em família dom 12, 26 16h. No verão, o jardim do MAM transforma-se em um ateliê para proposições e experimentos da cor, promovendo processos estimulantes de pensamento e práticas artísticas que potencializam o diálogo criativo entre crianças e adultos. A cada domingo uma surpresa.

Programação Janeiro 2012

  • Ações Móveis 
  • sáb, 07 15h Escalas de Equilíbrio: Ação-pensamento sobre a obra de Elisa Bracher. Proposta no formato de uma performance, que busca ativar respostas poéticas a partir de conceitos com o equilíbrio, a escala e o corpo.
  • Ações Móveis sáb, 14 , 21 e 28 15h Qual é a COR do seu jardim? No verão, o jardim do MAM transforma-se em um ateliê para proposições e experimentos da cor, através de diferentes materiais, jogos, dinâmicas e propostas criativas.
  • Programa em família dom 08, 15, 22 e 29 15h Potencializa o diálogo criativo entre crianças e adultos perante obras de arte, exposições e o jardim do museu, atendendo a processos estimulantes do pensamento e práticas artísticas reveladoras. A cada domingo uma surpresa.

Saiba mais: Ateliê aberto 2012
 Galeria |  Retornar Programação passada |   Retornar Programas

Ateliê Aberto 2011: Programa em Família e Ações Móveis

Oficinas e encontros com artistas e educadores que compartilham processos de criação coletiva elaborados para famílias e públicos diversos. Compilação dos programas Ações Móveis e Programa em família propostos e realizados no ano de 2011. 

Programação Dezembro 2011

  • Ações Móveis sáb 03 15h Escalas de equilíbrio Criação de esculturas, relacionando a escala humana e monumentalidade da obra da artista Elisa Bracher. Com Bernardo Zabalaga
  • Ações Móveis sáb 17 15h O mundo segundo a poesia Laboratório de textos a partir de manchetes de jornais relacionando a produção dos artistas Cildo Meireles, Antônio Manuel e Wesley Duke Lee. Com Leonardo Campos
  • Programa em Família dom 04, 11, 1815h Potencializa o diálogo criativo entre crianças e adultos perante obras de arte, exposições e o jardim do museu, atendendo a processos estimulantes do pensamento e práticas artísticas reveladoras. A cada domingo uma surpresa.  Com Ignes Albuquerque e Virgínia Mota.

Programação Novembro 2011

  • Ações Móveis sab 05, 19 15h Minha notícia para o mundo Laboratório de textos a partir de manchetes de jornais relacionando a produção dos artistas Cildo Meireles, Antônio Manuel e Wesley Duke Lee.
  • Ações Móveis sab 12 15h Corpo e equilíbrio Criação de esculturas, relacionando a escala humana e monumentalidade da obra da artista Elisa Bracher.
  • Programa em família dom 06, 13, 20, 27 15h Conversas, ateliês, jogos e experiências onde famílias podem viver o museu deforma lúdica e criativa a partir da arquitetura, do jardim e das exposições.

Programação Outubro 2011

  • Ações Móveis sáb 01, 15 15h Cidades Inventadas Criando relações poéticas a partir do livro As cidades Invisíveis, de Ítalo Calvino, e de experiências no espaço urbano, usando diferentes materiais. Com Anita Sobar.
  • Ações Móveis sáb  08, 22 15h Jogos Neoconcretos Fluência criativa com formas geométricas a partir da observação da arquitetura do MAM e das obras da exposição Genealogias do Contemporâneo – Coleção Gilberto Chateaubriand. Com Elielton Rocha.
  • Programa em Família dom 02, 09, 16, 23, 30 15h Conversas, ateliês, jogos e experiências onde famílias podem viver o museu deforma lúdica e criativa a partir da arquitetura, do jardim e das exposições. Com Ignes Albuquerque e Virgínia Mota.

Programação Setembro 2011

  • Ações Móveis  sáb 03 e 17 15h Modos de dizer, com Gleyce Heitor. E você, se tivesse um espaço para fazer uma crítica ou protesto hoje, a quem estes seriam dirigidos? A proposta visa discutir a aproximação da pintura de Glauco Rodrigues com a linguagem da propaganda, atentando para as metáforas elaboradas pelo pintor para criticar alguns momentos históricos do Brasil assim como os aspectos do que foi estabelecido como identidade nacional.
  • Ações Móveis sáb 10 e 24 15h Jogos Neoconcretos, com Elielton Rocha. Fluência criativa com formas geométricas a partir da observação da arquitetura do MAM e das obras da exposição Genealogias do Contemporâneo – Coleção Gilberto Chateaubriand, com enfoque no eixo Respirações Geométricas. 
  • Programa em Família dom 04, 11, 18, 25 15h, com Ignes Albuquerque e Virgínia Mota. Conversas, ateliês, jogos e experiências onde famílias podem viver o museu de forma lúdica e criativa a partir da mostra Genealogias do Contemporâneo – coleção Gilberto Chateaubriand em diálogo com as exposições temporárias e a arquitetura.                 

 Programação Agosto 2011

  • Ações Móveis sáb 06 15h Uma música, uma frase, múltiplas visões, com Anderson Araújo. Propõe diferentes percepções das obras de arte gerando novas leituras a partir da música.
  • Ações Móveis sáb 13 e 27 15h Jogos Neoconcretos, com Elielton Rocha Fluência criativa com formas geométricas a partir da observação da arquitetura do MAM e das obras da exposição Genealogias do Contemporâneo – Coleção Gilberto Chateaubriand, com enfoque no eixo Respirações Geométricas.
  • Programa em Família dom 07, 14, 21, 28 15h, com Ignes Albuquerque e Virgínia Mota. Conversas, ateliês, jogos e experiências onde famílias podem viver o museu de forma lúdica e criativa a partir da mostra Genealogias do Contemporâneo – coleção Gilberto Chateaubriand em diálogo com as exposições temporárias e a arquitetura.

 Programação Julho 2011

  • Ações Móveis sáb 02, 09, 16, 23, 30 15h. A cada encontro são realizadas ações num espaço diferente do museu, provocando no público experiências com arquitetura e diferentes linguagens artísticas.
  • Programa em Família dom 03, 10, 17, 24, 31 15h conversas, ateliês, jogos e experiências onde adultos e crianças podem viver o museu de forma lúdica e criativa a partir da mostra Genealogias do Contemporâneo em diálogo com as exposições temporárias e a arquitetura.

Programação Junho 2011

  • Ações Móveis sáb 04, 11, 18 15h. A cada encontro são realizadas ações num espaço diferente do museu, provocando no público experiências com arquitetura e diferentes linguagens artísticas. 
  • Programa em Família dom 05, 12, 19, 26 15h conversas, ateliês, jogos e experiências onde adultos e crianças podem viver o museu de forma lúdica e criativa a partir da mostra Genealogias do Contemporâneo em diálogo com as exposições temporárias e a arquitetura.

 Programação Maio 2011

  • Ações Móveis qua 04, 11, 18, 25 16h / sáb 14, 21 15h. A cada encontro são realizadas ações num espaço diferente do museu, provocando no público experiências com a arquitetura e diferentes linguagens artísticas. 
  • Programa em família dom 01, 08, 15, 22, 29 15h conversas, ateliês, jogos e experiências onde adultos e crianças podem viver o museu de forma lúdica e criativa a partir da mostra Genealogias do Contemporâneo em diálogo com as exposições temporárias e a arquitetura.

Programação Abril 2011

  • Ações móveis Qua 06, 13, 20, 27 16h. Atividades realizadas em diferentes espaços do museu criando lugares suspensos de experiências com arte e arquitetura. Entrada gratuita no museu a partir das 15h.
  • Programa em família Dom 13, 20 e 27 15h Navegações entre Três Margens: Durante este período o Programa em Família terá como foco especial as exposições Genealogias do Contemporâneo – Coleção Gilberto Chateaubriand  e Terceira Metade. A proposta é explorar a singularidade de cada artista, os contextos de sua criação e as possíveis relações poéticas dentro do mundo contemporâneo

Programação Março 2011

  • Programa em família Domingo, 6, 13, 20 e 27 de março, 15h. Arte – uma ponte ENTRE TERRAS E MARES. Durante este período o Espaço Família estará com um foco especial no conjunto de obras da exposição TERCEIRA METADE, dos artistas contemporâneos Tatiana Blass (Brasil), Manuel Caeiro (Portugal) e Yonamine (Angola). A cada domingo uma proposta diferente irá explorar a singularidade das imagens, os contextos de sua criação e as possíveis relações poéticas dentro do mundo contemporâneo.

Programação Fevereiro 2011

  • Espaço Família 06/02, 13/02, 27/02, às 15h. Arte em Partes. Será que um quadro, tal como um livro, pode abrir-se e fechar-se, contar-nos uma história? Partindo da leitura do Tríptico de Luiz Alphonsus conversaremos sobre o sentido narrativo de uma obra de arte e convidaremos, crianças e adultos, a criarem o seu.

Programação Janeiro 2011

  • Programa em família 09/01, 16/01, 30/01, 15h Catacoisas. “Cata Coisas” é uma coleção de objetos e diferentes materiais utilizados pelos artistas em seus processos criativos. Ao explorá-los, vamos perceber como os artistas tiram proveito das funções e qualidades naturais de cada um deles. A brincadeira em visita à exposição é procurar e achar estes objetos nas diversas obras expostas  e conversar sobre como estes meros objetos/materiais, simbólicos e ou poéticos transformam-se em novas possibilidades de vida expressiva vendo-os funcionarem como arte. Vamos procurá-los ?

Saiba mais: Ateliê aberto 2011
 Galeria |  Retornar Programação passada |   Retornar Programas