Reconfigurações de arte em público: zonas críticas entre ética, estética e pedagogia

Retomando os temas dos seminários internacionais Reconfigurações do público: arte, pedagogia e participação, este diálogo buscou refletir sobre as práticas artísticas, curatoriais e pedagógicas emergentes e seus impactos sobre os papéis públicos dos museus de arte hoje.

– –
Participação: Pedro Hussak (RJ) Professor de filosofia Universidade Federal Rural de Rio de Janeiro e do Programa de Pós Graduação Estudos Contemporâneas em Arte, Universidade Federal Fluminense; Tânia Rivera (RJ) Psicanalista, ensaísta e professora de departamento de arte Universidade Federal Fluminense; Jessica Gogan e Luiz Guilherme Vergara (UFF), coordenadores do seminário e do Núcleo Experimental de Educação e Arte do MAM. Colaboração: UFF

Realização: 27 de fevereiro de 2013

Saiba mais sobre: Diálogos: Reconfigurações de arte em público: zonas críticas entre ética, estética e pedagogia
 Retornar Programação passada |  Retornar Programas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s